segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Blog do Inácio Ferreira-Fazendo as contas

04/11/2013 

FAZENDO AS CONTAS

De fato, nós, adeptos da Doutrina Espírita, precisamos não apenas aprender a pensar, mas também saber fazer contas...
Dias atrás, conversando sobre o assunto da Reencarnação com o Odilon e a Domingas – a nossa confreira, então, nos submetia, “ambos os dois” (Chico, sorrindo a valer, contava que adorava dizer a palavra “ambos” quando era mais novo, e, por não saber o real significado dela, vivia dizendo: “ambos os dois”!), à verdadeira sabatina a respeito do que, ultimamente, em face do conflituoso comportamento humano, vem acontecendo na Terra –, chegamos a seguinte conclusão:
- No ano de 1800, portanto há pouco mais de 200 anos, a população da Terra era de 1 bilhão de habitantes!
- Em 1928, pouco mais de cem anos depois, a população tinha saltado para 2 bilhões de mortais!
- Quase quarenta anos após, em 1961, a população era de 3 bilhões – neste período, a turma reproduziu bem – quase como rato!
- Em 1974 – vejam vocês! –, 13 anos depois, obedecendo como nunca à ordem divina do“crescei e multiplicai-vos”, a copulação, ou melhor, a população foi a 4 bilhões!
- Em 2011, a Terra atingiu a marca dos 7 bilhões de habitantes!
Agora, a conta é a seguinte:
- Em 200 anos – dois séculos! – a população passou de mísero 1 bilhão de para 7 bilhões de animais ditos racionais!
Onde é que vocês acham que, durante esse tempo relativamente curto, andavam esses espíritos, que, de repente, superpovoaram a Terra?!
Segundo estimativas, a continuar reproduzindo assim, no ano de 2050, a população será de 9 bilhões!!!
Haja espíritos, não é mesmo?!
O Mundo Espiritual está pondo gente peloladrão...
Abriram as porteiras do Inferno (ops!), do Umbral e das Trevas!
Mas as contas que eu e o Odilon fizemos com a nossa estimada Domingas – curiosa como ela só! –, e que gostaríamos agora de fazer com vocês, não é exatamente esta...
A questão, meus caros, é que tem muito espírito que há muito tempo não reencarnava na Terra.
(Uma pergunta à parte: o que vocês acham que esta população de 6 bilhões de “almas” – de 1800 d.C. a 2000 d.C. –  estava fazendo no Mundo Espiritual?! Dormindo?! Sonhando?! Coçando?!...)
Claro que, por exemplo, precisamos levar em conta que antes, nos séculos XVIII e XIX, o rodízio na carne (não de carne!) era muito maior; todavia, mesmo assim, reencarnar e desencarnar 6 bilhões em apenas dois séculos?!...
A nossa conclusão para Domingas, foi a seguinte:
- É por isto, minha irmã, que tem muito índio na pele – só na pele! – de gente civilizada!...
E é também por isto que tem muito analfabeto do espírito nas Universidades de todo o mundo, logrando títulos de Mestres e Doutores, e até mesmo além, mas que, na Universidade da Vida, ainda se encontram em pleno Jardim da Infância!...
Não é, pois, de se estranhar tanta gente de cara bonitinha e corpo de modelo na condição de arruaceiro, salteador, criminoso, traficante, estuprador, e até político!...
“Na altura”, como diz o meu amigo português Laurentino Simões, creio que seja melhor eu parar de fazer contas...
Quem for bom de Aritmética que continue a fazê-las por si!...

INÁCIO FERREIRA

Uberaba – MG, 4 de novembro de 2013.





Escrito por Dr. Inácio Ferreira às 05h11
[(17) Vários Comentários] [envie esta mensagem
] [] 




http://inacioferreira-baccelli.zip.net/

MEDIUNIDADE NA INTERNET
- Blog do Dr. Inácio Ferreira -
Visite nosso site: www.leepp.com.br

"AMAR AO PRÓXIMO COMO A TI MESMO"

     






          O mundo está cheio de violências que às vezes não somos capazes de entender e só podemos entendê-las pelo processo da reencarnação, pela lei da causa e efeito, sobre os resgates que temos que cumprir pedido por nós mesmo antes de reencarnarmos.
        Se for assim e é no que acreditamos, Deus Nosso Pai seria injusto com tais acontecimentos.
        Então nos perguntamos por que há de ser tão violento este momento.
        É para que fique impregnada em nossa mente a aversão por qualquer tipo de violência tanto com palavras, físicas e outras.
        Devemos sempre estar ligado com Nosso Pai para que possamos emanar dos nossos corações o amor, para que ele se repercuta por todo o lado onde passarmos, e esse processo evolutivo que nos encontramos neste momento é para que a cada dia haja mudanças, para que o nosso planeta se torne planeta de regeneração.
       O amor é sem dúvida o melhor caminho para a mudança.
       Quando ouvires reportagens não se revolte, e sim orem para quem resgatou e orem mais para quem o cometeu, pois é assim que começamos a mudar, orando para o nosso inimigo, mesmo que isso não tenha acontecido conosco, peça forças a família, tanto da vitima quanto do agressor.
       É o exercício que devemos praticar, é difícil, sim muito difícil, mas é o caminho para um mundo melhor.
       Que Deus esteja sempre conosco, nos envolvendo com o seu amor de Pai que é infinito e incondicional, pois o Pai ama a todos e Ele com a sua eterna paciência sabe que todos vamos evoluir cada um no seu tempo, pois fomos criados da sua centelha divina, e Ele nos da o livre arbítrio para procurarmos o melhor caminho, este é o nosso aprendizado.
       Não julgai seja caridoso com o próximo, pois se somos filhos do mesmo Pai, somos todos irmãos, somos diferentes, sim, mas cada um no seu tempo, no seu momento de crescimento individual.
     Obrigada Pai por este momento de união familiar e que vocês possam continuar nesse caminho.
       "Amai o próximo como a ti mesmo"
André    


AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS






Perdão 

          O fato de estarem hoje reunidos não é por acaso,sempre terão esta oportunidade,então aproveitem,pois os fins dos tempos a separação do joio do trigo começou,estejam sempre ligados a espiritualidade, a Deus e a Jesus que é o governador espiritual do nosso planeta Terra e que sempre nos envolve com todo o seu amor e nos ampara sempre que precisamos.
          Se fortaleçam para que vocês passem por estes tempos difíceis,mas não se desesperem,o momento é de renovação,que cresça dentro de si o perdão ,o amor para todos os irmãos a sua volta.         A leitura do Evangelho de hoje é sobre o perdão,perdoem sempre não se esqueçam que julgar não é o melhor caminho,o amor deve prevalecer sempre. 
       Fique com Deus e estejam como disse, sempre ligados a Deus e a Espiritualidade para que estes  os envolvam, e agradeçam todos os dias por tudo que lhes acontecem,o aprendizado é eterno.        Amai-vos uns aos outros.
      De uma amigo que está sempre ao seu lado.
          André

quarta-feira, 12 de junho de 2013

O AMOR É LINDO!!!

DECLARAR AMOR Demonstrar o amor é uma forma de deixar a vida transbordar dentro do próprio coração. A maioria das pessoas estabelece datas especiais para manifestar o seu amor pelo outro: é o dia do aniversário, o natal, o aniversário de casamento, o dia dos namorados. Para elas, expressar amor é como usar talheres de prata: é bonito, sofisticado, mas somente em ocasiões muito especiais. E alguns não dizem nunca o que sentem ao outro. Acreditam que o outro sabe que é amado e pronto. Não é preciso dizer. Conta um médico que uma cliente sua, esposa de um homem avesso a externar os seus sentimentos, foi acometida de uma supuração de apêndice e foi levada às pressas para o hospital. Operada de emergência, necessitou receber várias transfusões de sangue sem nenhum resultado satisfatório para o restabelecimento de sua saúde. O médico, um tanto preocupado, a fim de sugestioná-la, lhe disse: pensei que a senhora quisesse ficar curada o mais rápido possível para voltar para o seu lar e o seu marido. Ela respondeu, sem nenhum entusiasmo: O meu marido não precisa de mim. Aliás, ele não necessita de ninguém. Sempre diz isto. Naquela noite, o médico falou para o esposo que a sua mulher não queria ficar curada. Que ela estava sofrendo de profunda carência afetiva que estava comprometendo a sua cura. A resposta do marido foi curta, mas precisa: Ela tem de ficar boa. Finalmente, como último recurso para a obtenção do restabelecimento da paciente, o médico optou por realizar uma transfusão de sangue direta. O doador foi o próprio marido, pois ele possuía o tipo de sangue adequado para ela. Deitado ao lado dela, enquanto o sangue fluía dele para as veias da sua esposa, aconteceu algo imprevisível. O marido, traduzindo na voz uma verdadeira afeição, disse para a esposa: Querida, eu vou fazer você ficar boa. Por que? Perguntou ela, sem nem mesmo abrir os olhos. Porque você representa muito para mim. Houve uma pausa. O pulso dela bateu mais depressa. Seus olhos se abriram e ela voltou lentamente a cabeça para ele. Você nunca me disse isso. Estou dizendo agora. Mais tarde, com surpresa, o marido ouviu a opinião do médico sobre a causa principal da cura da sua esposa. Não foi a transfusão em si mesma, mas o que acompanhou a doação do sangue que fez com que ela se restabelecesse. As palavras de carinho fizeram a diferença entre a morte e a vida. *** É importante saber dizer: amo você! O gesto carinhoso, a palavra gentil autêntica, a demonstração afetiva num abraço, numa delicada carícia funcionam como estímulos para o estreitamento dos laços indestrutíveis do amor. É urgente que, no relacionamento humano, se quebre a cortina do silêncio entre as criaturas e se fale a respeito dos sentimentos mútuos, sem vergonha e sem medo. A pessoa cuja presença é uma declaração de amor consegue criar um ambiente especial para si e para os que privam da sua convivência. Quem diz ao outro: eu amo você, expressa a sua própria capacidade de amar, mas também, afirmando que o outro é amado, se faz amar e cria amor ao seu redor. Equipe de Redação do Momento Espírita a partir do cap. Ecologia doméstica, da obra Pais e filhos – Companheiros de Viagem, de autoria de Roberto Shinyashiki, ed. Gente, e do texto A convivência humana, de José Ferraz, extraído da revista Presença Espírita, nº 227, de novembro/dezembro 2001. ****** Texto do Momento Espírita que selecionei em homenagem ao Dia dos Namorados, desejando a todos os enamorados felicidades e que possamos quebrar esse silêncio para expressar às pessoas amadas o quanto elas são importantes em nossas vidas; ás vezes falamos tudo isso através de simples gestos, noutras proferimos a palavra de amor, e em muitas vezes podemos refletir esse nobre sentimento apenas no olhar. Nada mais bonito que a cumplicidade daqueles que se amam. POSTADO POR CARLOS PEREIRA