quarta-feira, 19 de setembro de 2012

"Missão dos espíritos" 22/09/1993
Nós aqui espíritos quando encarnados neste planeta temos o dever de não nos alienarmos na conduta de levar a todas as pessoas o valor da palavra de nosso irmão maior que é o Cristo, que tanto bem nos fez e nos faz sempre, governando este planeta, onde todos nós vamos reencarnando de tempos em tempos para um melhor aprendizado, para podermos ter dentro de nós o amor este amor maior, este amor que gera em quem esta a nossa volta energias e vibrações como ondas do mar penetrando em tudo e em todos para poderem se harmonizar consigo mesmo e com os outros que os circundam. Este amor que é Crístico, este amor de doação de carinho de tornar o próximo tão feliz ou mais que a nós mesmo, este amor uníssono que sobrepuja em qualquer hora e em qualquer momento a tudo, ao ódio, a inveja, ao rancor, ao desprezo, a discriminação. Um amor que não se deixa prevalecer os seus direitos em primeiro lugar,mas sim os seus deveres. Como Ser, como pessoa ,como individuo, como cidadão, este amor fraterno que traria para toda a humanidade um maior conforto moral, que nos faria evoluir em um estopim. Este amor que nos livraria dos males criados por nós mesmo. Por isso irmãos não se deixem levar por nada que lhes venham perturbar a sua evolução,não se deixem envolver por mesquinharias,coisas fúteis desta vida,permaneçam sim ,ligados a um trabalho maior que é a solidariedade ,a fraternidade entre toda a humanidade.Ai sim teremos um lugar lindo verde,azul todo colorido para que possamos passar para todos a paz,a tranquilidade e vivermos neste planeta sobre a égide moral e fraternal de nosso irmão maior,fazendo assim o intercâmbio maior de ajuda mútua entre os dois lados. Que assim seja e por aqui me despeço deixando para todos vós um abraço fraterno, carinhoso e cheio de luzes que brilhem para sempre em seus corações para todo o sempre, ou seja, para toda a eternidade que é o que somos sempre eternos e em evolução.
Que assim seja- João